Detran-MA emite CNH Digital seis meses antes da obrigatoriedade

09/07/2018

Image
No ultimo dia 02, entrou em vigor a determinação do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) que obriga todos os Departamentos de Trânsitos do País a disponibilizarem a emissão da versão Digital da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) foi um dos primeiros a oferecerem este procedimento, sendo disponibilizado para os condutores maranhenses, desde janeiro deste ano, antes do término do primeiro prazo que venceu dia 1º de fevereiro, e que depois foi prorrogado para o dia 1º julho.
 
De acordo com o relatório mais recente do Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO), publicado em 26 de junho, 4.229 condutores maranhenses já estão utilizando em seus celulares ou tablets a tecnologia da CNH Digital desenvolvida pelo Serpro, em parceria com o Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN).
 
A Carteira Nacional de Habilitação Digital é o primeiro documento eletrônico de identificação do Brasil, e utiliza um sistema criptografado que assegura a validade do documento e diminui riscos de ocorrência de fraudes.
 
A coordenadora de Habilitação do Detran-MA, Nazaré Nunes, explica que a carteira digital é uma evolução para a qualidade dos serviços oferecidos aos condutores. “A CNH Digital facilita o dia a dia do condutor pois substitui a carteira impressa. Por exemplo, se ele perder ou esquecer a carteira impressa em casa, basta que o condutor tenha um celular a mão ”, disse.
 
O Detran-MA não cobra nenhuma taxa a mais para emitir a CNH Digital, mas é necessário que o condutor tenha o modelo atual da carteira de motorista com o QR CODE. Caso contrário deverá solicitar ao Detran-MA a última versão da CNH e atualizar o número do celular e e-mail no sistema do Departamento. Depois fazer o cadastro no Portal de Serviço do Denatran e realizar o download do aplicativo CNH Digital que é gratuito.
 
Após isso, o motorista informa um e-mail em que receberá um link para confirmação. O login deve ser realizado no aparelho em que se deseja ter o documento digital. No primeiro acesso, deve-se criar uma senha com quatro dígitos para que o documento seja armazenado com segurança.
Se o condutor perder ou tiver o aparelho de celular furtado, basta realizar o bloqueio da e-CNH no Portal de Serviços do DENATRAN, onde também é possível habilitar um novo aparelho para transferir o serviço.
Compartilhe

Dúvidas Frequentes

Eventos

Formulários

Deseja dar entrada no protocolo? Selecione um formulário abaixo!