03/08/2021

Image

Operação Lei Seca realizou 943 abordagens no mês de julho

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), em parceria com o Batalhão de Policia Militar Rodoviária (BPRV), realizou no mês de julho de 2021, sete ações da Operação Lei Seca em São Luís,  com um total de 943 abordagens a veículos e 864 testes com o etilômetro realizados.
 
De acordo com a Divisão de Estatística do Detran-MA,  neste período foram  registradas  79 infrações por recusa ao teste, e 37 condutores foram autuados por dirigirem sob o efeito de álcool. O objetivo das ações da Operação Lei Seca é evitar acidentes, retirando das ruas condutores que consomem bebida alcoólica antes de dirigir.
 
Em todas as ações da Operação Lei Seca, o Detran-MA, por meio da Coordenação de Educação para o Trânsito, realiza um trabalho de conscientização distribuindo material educativo e conversando com condutores e passageiros sobre os perigos da mistura de álcool e direção.
 
Para o diretor-geral do Detran-MA, Francisco Nagib, as blitzen da Lei Seca são essenciais para a conscientização dos condutores e redução de acidentes. “Os condutores precisam se conscientizar de que bebida não combina com direção. Já é comprovado que a bebida alcoólica faz o condutor perder a concentração, a atenção e o reflexo, além de causar sonolência e outros efeitos, o que aumenta os riscos de acidentes, que podem até ser fatais. A Lei Seca existe para alertar sobre o risco que é dirigir após consumir bebida alcoólica. O objetivo desta ação é salvar vidas”, afirmou Nagib.
 
A Coordenadora de Educação para o Trânsito do Detran-MA e atual Presidente do Fórum Permanente de Operações Lei Seca do Brasil, Rositânia de Farias, destaca que a Operação Lei Seca tem uma boa aceitação da sociedade."Muitos condutores abordados aprovam este trabalho, realizado pelo Detran-MA, em parceria com a BPRV, e têm consciência de que essas ações têm contribuído para trazer mais segurança ao trânsito”, observou.
Compartilhe

Dúvidas Frequentes

Eventos

Formulários

Deseja dar entrada no protocolo? Selecione um formulário abaixo!