Detran-MA recebe mobilização de combate ao assédio sexual a mulheres

09/02/2018

Image

A campanha de combate ao assédio sexual a mulheres durante o Carnaval, que tem o tema “Não tô a fim. Sem permissão, não toque em mim”, do Governo do Estado, foi divulgada nesta quinta-feira, 08, no Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), junto aos usuários que aguardavam o atendimento, com ações informativas e de panfletagem.

A equipe da Secretaria Estadual da Mulher conversou com o público sobre o objetivo da mobilização que visa garantir um ambiente mais seguro às mulheres durante o período carnavalesco. De acordo com a psicóloga, Calíope Almeida, o combate à violência contra a mulher dura o ano inteiro, mas, neste período, recebe uma atenção especial.

“Nas festas do carnaval, o assédio contra a mulher se intensifica. A campanha visa conscientizar homens e mulheres a identificarem os abusos sexuais e como denunciar uma situação de assédio”, ressalta a psicóloga.

A Coordenadora de Educação para Trânsito do Detran-MA, Rosetânia de Farias, falou da mobilização no Departamento. “Ações como estas ajudam as mulheres se fortalecerem e denunciarem em caso de assédio. Nós temos que acabar com essa cultura de que tudo pode porque é Carnaval”, afirmou.

Durante a mobilização no Detran-MA muitos usuários aproveitaram para se informar sobre a campanha. O profissional autônomo, Roberto Pires, falou da importância de campanhas sobre a violência contra a mulher. “A mulher não pode ficar omissa contra a qualquer tipo de violência e deve, sempre, fazer a denuncia”, avaliou.

A advogada Raiane Vieira, disse que a campanha amplia a igualdade de gêneros e vem esclarecer, principalmente, aos homens sobre a forma de abordagem com a mulher. “A violência pode acontecer verbal ou fisicamente. Muitos homens acreditam que as mulheres se sentem bem com qualquer tipo de abordagem. O que poderia ser uma situação boa, às vezes, vira uma agressividade”, ressaltou.

A mobilização de combate ao assédio contra as mulheres será realizada durante todo o Carnaval, em locais de grande fluxo popular como as passarelas dos blocos, trios, shows e brincadeiras carnavalescas conscientizando e esclarecendo os foliões.

Violência contra a mulher é crime. Denuncie!

Central de Atendimento à Mulher – 180

Policia Militar – 190

Direitos Humanos – 100

Ouvidoria da Mulher do Maranhão – 0800-0984241 / 98427-1002

 

Compartilhe

Dúvidas Frequentes

Eventos

Formulários

Deseja dá entrada no protocolo? Selecione um formulário abaixo!