20/03/2015

Image
O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) está concluindo o levantamento das condições estruturais de todas as Ciretrans existentes no estado. Vários problemas foram constatados. A maioria dos contratos de manutenção celebrados entre o governo anterior e as empresas de manutenção predial não foram utilizados, resultando no agravamento dos problemas nas estruturas físicas e funcionais das unidades. 
 
Semelhante a muitos outros órgãos públicos estaduais, as Ciretrans foram encontradas em situação crítica. As condições estruturais dos prédios onde estão instaladas as circunscrições são um exemplo do descaso do governo anterior e têm gerado inúmeras reclamações dos usuários. 
 
Das 15 Ciretrans maranhenses, apenas as de Imperatriz e Balsas passaram por melhorias recentes. Apesar de funcionarem em prédios novos, as duas unidades foram entregues às pressas, antes que as obras fossem concluídas e, de acordo com vistorias técnicas, ainda carecem de muitos reparos. 
 
Segundo o diretor geral do Detran-MA, Antônio Nunes, contratos para a manutenção das sedes das Ciretrans até existiam, mas, por motivos desconhecidos, a gestão anterior não solicitou às empresas contratadas a execução dos serviços. Dos 15 contratos de manutenção predial em vigor entre o órgão e as empresas, apenas três foram utilizados. O resultado disso foi deterioração dos prédios, do mobiliário e dos equipamentos necessários para o bom funcionamento das unidades. 
 
As Ciretrans de Timon, Caxias, Codó e São João dos Patos estão entre as unidades que apresentam problemas graves. A equipe de engenharia do Detran vistoriou esta semana as Ciretrans e constatou, por meio de levantamentos e relatórios feitos pelos novos chefes das unidades, prédios com rachaduras, fiação elétrica exposta, infiltrações, computadores queimados e móveis danificados sem nenhuma condição de uso. 
 
“Diante da gravidade da situação, estamos organizando licitação para contratar novas empresas de manutenção e melhorar, o mais rápido possível, o atendimento aos nossos usuários”, anuncia o diretor geral do Detran-MA, Antônio Nunes.
 
Assessoria de Comunicação Detran-MA
Texto: Márcia Carvalho
Compartilhe

Dúvidas Frequentes

Eventos

Formulários

Deseja dar entrada no protocolo? Selecione um formulário abaixo!
<-- -->